sábado, abril 18, 2015

Encontrado corpo de jovem desaparecida em Novo Progresso: Padrasto é o principal suspeito – crime chocou a população.

A família fez buscas encontrou o corpo e chamou a policia.
Policia  foi com a família até o local.
Foi encontrada na manhã deste sábado (18) o corpo de Antonia Claudiane de Souza Silva de 13 anos. Claudiane estava desaparecida desde terça-feira (14/04), saiu de casa para ir para a Escola João Carlos Batista e não retornou mais para casa.
Os familiares de Claudiane começaram a fazer buscas pelos quatros cantos da cidade e a encontraram  sem vida, ao lado da pedreira desativada Vale do Curúa.
O corpo está aproximadamente vinte ( 20) metros mata a dentro, Claudiane foi encontrada pendurada em uma árvore enforcada e sem roupas, tudo indica que também foi abusada sexualmente.
Próximo ao local aonde foi encontrado o corpo tem duas edículas que hoje é usado por usuários de drogas.
O corpo de Claudiane estava preso em entre duas arvores por uma corda amarrada em seu pescoço.Segundo informações o padrasto é o principal suspeito, conforme seu depoimento e de outras pessoas, o mesmo caiu em contradição. Conforme relatos da família o padrasto Aguinaldo Pereira da Silva tinha muito ciúmes de Claudiane, e foi confirmado em depoimento pela tia ao Conselho Tutelar.
O local do crime está isolado, ninguém pode se aproximar, peritos da Policia Civil estão chegando para fazer a pericia no local e no corpo de Claudiane. Há fortes suspeitas que outra pessoa pode ter participado do crime.
O desapreciemtno da jovem Claudiane comoveu a população em geral, a Polica Civil , Policia Militar e Conselho tutelar estão unidos trabalhando neste caso.
O padrasto foi retirado da delegacia por medida de segurança, a população ameaçou linchá-lo
Fonte/Fotos: Redação Jornal Folha do Progresso

Remo faz gol no fim, leva para pênaltis e vai à final

O Paysandu poderia perder até por 1x0 para ser finalista da Copa Verde, mas, jogou sem garra e se deu mal, pois o Remo fez 2x0 com o segundo gol sendo marcado no final da etapa completar e levou a decisão para os penaltys.

Nas penalidades o Remo foi melhor e ficou com a vaga.

O leão azul converteu todas as cinco penalidades, enquanto Carlinhos chutou a última do papão na trave e tirou o time alviceleste da competição.

Foi uma disputa muito emocionante que prendeu a respiração dos mais de 21.000 torcedores que foram ao Mangueirão.


Acidente mata jogador e outras cinco vítimas em Cametá

Acidente mata jogador e outras vítimas em Cametá (Foto: Reprodução/Facebook)
De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), seis pessoas morreram na tarde deste sábado (18) em um acidente de trânsito no município de Cametá, nordeste paraense. Dentre as vítimas, o jogador Gil Cametá, zagueiro do time local. 

Segundo informações preliminares, o acidente ocorreu na rodovia BR-422, próximo da saída do município, em direção de Limoeiro do Ajuru. Não há informações sobre a identidade das outras vítimas, porém, algumas estariam com o estado de saúde considerado grave. (DOL)

Chuva forte causa alagamentos em bairros de Santarém

Foto: G1 Santarém
G1 Santarém - A chuva que caiu na manhã deste sábado (18), em Santarém, oeste do Pará, provocou muitos transtornos em vários bairros da cidade.
Moradores do bairro Jardim Santarém, que residem na rua Hortência ficaram com as casas alagadas.

Já na Avenida Sérgio Henn, próximo a Rua Frei Vicente, a água encobriu a rua, e um "rio" se formou no local, prejudicando quem tentava passar no momento da chuva. Em outro trecho da Rua Frei Vicente, no bairro Interventoria, um carro ficou ilhado no meio da enxurrada.

Outro lado
A secretaria de infraestrutura de Santarém informou, através da nota, que iniciou trabalho de recuperação e manutenção das vias por onde circula o transporte coletivo.

Ainda segunda a  Seminfra, diversos bairros da periferia receberão esta ação que visa melhorar prioritariamente, nesse período de inverno, a malha viária por onde circulam os ônibus, oferecendo melhores condições de trafegabilidade.

O Assunto É Este foi bom demais

Hoje eu tive oportunidade de apresentar um dos melhores programas desde que meu amigo Antônio Santana me concedeu a oportunidade de exercer minha atividade jornalística na Alternativa FM.

Tendo o professor Adelson Sousa como convidado, o programa tratou de assuntos da atualidade itaitubense, de modo especial o desgoverno municipal e a greve dos professores.

Adelson é um amigo de longa data que eu tive a graça de lançar no rádio, na Rádio Tropical de Santarém, em 1985.

Não lhe ensinei nada, pois quando chegou já era uma pessoa muito bem informada, politizada, com suas próprias ideias e sem medo de dizer o que pensa. No máximo, alguma orientação a respeito de como apresentar um programa de notícias, pois sua atividade era bem diferente. Ele era operador de VT na TV Tapajós.

No programa de hoje a gente fez uma análise sobre a atual administração do município de Itaituba, que não é nada boa.

Recebi diversos comentários pelo Whatsaap concernentes ao programa O Assunto É Este, todos elogiosos, pela maneira franca, às vezes contundente, mas, sempre responsável com que os temas foram tratados.

Isso foi possível porque na Alternativa há liberdade de expressão, pois a rádio não é do tipo de veículo no qual se tem liberdade para dizer tudo o que a direção, ou o dono quer. É liberdade, mesmo, com responsabilidade.


Isso me faz lembrar dos bons tempos da Rádio Rural de Santarém, quando a notícia era tratada como mandam os manuais do bom jornalismo. Lá, ao comando do grande jornalista Manuel Dutra.

sexta-feira, abril 17, 2015

Professor Adelson Sousa no O Assunto É Este

Neste sábado o convidado do programa O Assunto É Este é o professor Adelson Sousa.

De dez ao meio-dia vamos conversar sobre os assuntos do momento que estão agitando o dia a dia de Itaituba.

Greve de professores, interdição de vias e muita política são temas que farão parte do nosso bate papo.

Pode haver protesto na abertura da Copa Ouro

Não está descartada, por enquanto, a realização de protestos dos professores em greve no município de Itaituba, por ocasião da abertura da Copa Ouro de futebol. domingo que vem.

De acordo com as mais recentes informações que o blog recebeu esta noite, a mobilização para o protesto está mantida.

O que não foi informado foi que tipo de manifestação será feita pelos profissionais da educação, com o objetivo de chamar atenção para seu movimento que reivindica reajuste salarial.

Como a prefeita Eliene Nunes deverá estar no ginásio poliesportivo de Itaituba, para a festa de abertura da Copa Ouro 2015, a probabilidade de haver o protesto é muito grande. 

Helenilson só sai se quiser, quando quiser...

Essa semana saiu um boato de que Helenilson Pontes estaria saindo do comando da Secretaria de Educação do Estado.

helenilson 2Por conta, dizia o boato, da já longa greve dos professores.
Olha, só quem é totalmente desinformado, só quem não sabe de nada pode acreditar em uma coisa dessas.

Inclusive o próprio Governo soltou nota desmentindo o boato.
E porque?

Porque Helenilson é o queridinho, Helenilson é o predileto, Helenilson é o homem de confiança de Jatene.

Ou como disse uma fonte nossa, unha, carne e cutícula com o homem; – Helenilson é o número 1 de Jatene. Cada dia aumenta mais o cacife dele junto ao Governador.

Taí.

Helenilson sai se e quando quiser da Seduc.

E verdade seja dita, é um dos melhores quadros que esse governo tem.

Agora eu já estou faz tempo fazendo uma aposta com os amigos; Pra mim não tem Flexa, Pioneiro, Zenaldo,  Márcio e nem ninguém. Pra mim Helenilson é o candidato de Jatene a Governador em 2018.

Anotem aí e me cobrem depois. (Blog do Bacana)


A ex-senadora Marinor falou e disse

marinor-brito
"Nas mãos de Zenaldo Belém adoeceu. Nunca pensei que nós poderíamos ter um prefeito pior que o Duciomar, mas, eu estava enganada".

A frase é dela, Marinor Brito, a combativa vereadora de Belém, em entrevista ao Programa Bacana que vai ao ar domingo as 20 horas na RBA. Marinor ligou a metralhadora giratória, bam bam bam…..

Fonte: blog do Bacana

Muller volta a jogar aos 49 anos

Müller participa de evento em FernandópolisO atacante Muller, tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira, vai voltar a jogar no próximo domingo aos 49 anos de idade.

Ele aceitou o desafio de ajudar o Fernandópolis, do interior de São Paulo, a crescer.

Em quatro jogos realizados ano passado em seu estádio, o Fernandópolis vendeu pouco mais de dois mil ingressos no total. Com a estreia de Muller, tinham sido vendidos até a manhã de hoje, mais de quatro mil ingressos.

Muller disse que está meia boca, e que vai jogar usando sua experiência, correndo menos e tocando mais a bola.

Ele tem participado de apresentações especiais em jogos beneficentes.

Manifestação na abertura da Copa Ouro: espera-se que o bom senso prevaleça

Neste domingo acontece a abertura de mais uma edição da Copa Ouro, competição que teve o seu inicio em 2006 no ginásio da Associação Atlética Cearense, quando na época o município era administrado pelo ex-prefeito Roselito Soares.

Após quase uma década de realização, a Copa Ouro sempre contou com o apoio da prefeitura, independente de quem estivesse ocupando o cargo, por trata-se de um evento que alem de proporcionar lazer e diversão para o publico desportista da cidade, também sempre agregou um forte componente social, pois gera centenas de empregos temporários durante a sua realização.

Foi a partir da Copa Ouro que se criou a motivação para as demais competições da categoria, como as copas estudantis e a copa feminina de futsal.

Estou fazendo este breve relato nesse meu retorno, após o período de um mês em que fui obrigado a me afastar das minhas atividades diárias, porque me deparei com a sociedade itaitubense em plena efervescência.

Os motivos são os mais variados, e todas as manifestações são por justa razão, e não há mesmo outra forma da população externar a sua indignação contra quem quer seja, e nesse caso especifico é contra a administração municipal, que ir para as ruas e tornar pública essa a sua insatisfação.

Ocorre que a indignação dos manifestantes não pode se voltar contra uma das poucas coisas boas que a nossa cidade possui. Tentar sabotar a abertura dessa competição, como estão comentando nas redes sociais, simplesmente para atingir a imagem do governo não é uma idéia sensata, pois a copa não pertence a nenhum gestor do município;  a copa pertence ao município e por isso faz parte do calendário esportivo e cultural de Itaituba.

Atentar contra a realização da copa seria o mesmo que querer impedir a realização do Itaverão, na comunidade de Paraná Mirim, ou o festival dos peixes, em Barreiras, que também são eventos que contam com incentivos do município. Além disso, o maior investimento na Copa Ouro é feito pelos clubes que durante o ano inteiro se articulam em busca de patrocínio para a formação de seus times, e todos os dirigentes das equipes, embora reconheçam a legitimidade dos movimentos que estão em curso em nossa cidade, estão preocupados, com os prejuízos que ocorreriam com um possível adiamento da abertura da competição.

É certo que os prejuízos não seriam apenas financeiros, mas atingiriam também os direitos das pessoas que encontram nessa competição uma das poucas opções de lazer que a cidade oferece. Portanto, o mínimo que se espera da categoria nesse momento é sensatez nas suas decisões.                      


Jornalista Weliton Lima, comentário veiculado no telejornal Focalizando, sexta, 17/04/14

quinta-feira, abril 16, 2015

Ministro pede pressa nas investigações para não prejudicar Petrobras

Valor Econômico - O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, defendeu ontem que os órgãos federais de investigação e fiscalização concluam rapidamente a apuração do esquema de corrupção que envolve a Petrobras e a punição dos envolvidos, para que a empresa possa "ultrapassar o gargalo" antes de comprometer a "curva de produção". 

O ministro disse que o combate à corrupção é "absolutamente correto" e tem de ser feito, com a punição dos culpados após amplo direito de defesa. "Mas não podemos parar uma empresa como a Petrobras ou os contratos que a Petrobras tem. Espero que se chegue a um acordo de leniência, que possa resolver os problemas dessas empresas [envolvidas no esquema de corrupção da estatal] para que a gente possa retomar um cronograma de investimento que é importante, necessário. Isso tem impacto no presente e no futuro da nossa economia, mas não depende da gente.

Braga espera que Código de Mineração seja votado na Câmara até junho

O Estado de Minas - O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse nesta quarta-feira, que trabalha para que o Código de Mineração possa ser pautado pelo presidente da Câmara no plenário no fim de maio.

Segundo ele, a expectativa é de que o projeto possa ser votado na Casa até o começo de junho para depois ser levado ao Senado.

Em atividade com a bancada do PMDB desde às 8h e depois presente na reunião da Comissão desde às 10h, Braga disse não ter tido tempo de se informar sobre a Operação Choque da Polícia Federal, que prendeu hoje ex-diretor da Eletronorte Winter Andrade Coelho e realizou busca e apreensões na sede da empresa. O ministro disse que falará sobre a questão em um outro momento, após tomar conhecimento dos fatos.

Empresários e prefeita reunem com índios para desobistruir Estrada do BIS

Foto: ASCOM-PMI
Diante da inércia e da desorientação da administração municipal, que parece perdida sem saber que rumo tomar, um grupo de empresário resolveu tomar a responsabilidade tentar resolver alguns problemas mais urgentes.
Hoje pela manhã houve uma reunião com os indígenas que interditam a estrada do BIS na tentativa de reabrir a via e evitar o completo desabastecimento de combustível, que desde ontem já falta na maioria dos postos.
Do encontro, participaram ainda a prefeita Eliene Nunes e diversos empresários. Eliene, ao final disse que a prefeitura vai buscar parcerias junto aos governo estadual e federal para tentar viabilizar a pavimentação asfáltica da Estrada do BIS. Ou seja, ficou na promessa, pois os governos não tem dinheiro pra nada e não vai ser nada fácil arrancar verbas, tanto do Estado, quanto da União.
O os indígenas querem é o asfaltamento daquela via.
Se for para asfaltar tudo, a negociação tem tudo para emperrar, porque vai ser preciso juntar muito dinheiro, pois a matéria prima é cara.
A verdade é que é válida a iniciativa dos empresários, que sentem na pele, assim como o restante da população, os problemas advindos de uma total falta de combustíveis na cidade.
O acordo foi assinado e agora é esperar para ver o que vai acontecer. Espera-se que apesar das dificuldades, o que foi acordado seja.

Desgoverno de Itaituba: a incompetência tem falado mais alto

Nove dias ausente da cidade para cuidar da saúde, retornei ontem à noite, encontrando Itaituba de ponta cabeça. O caos impera porque o que se vê é uma ausência de governo capaz de gerenciar nossa urbe.
O corpo governamental está acéfalo porque a cabeça separou-se do corpo faz tempo.
Está ficando cada vez mais difícil para a prefeita Eliene Nunes juntar os cacos para emendar os pedacinhos dessa administração que se complica cada vez mais pelo modo como a máquina está sendo tocada. Os problemas se multiplicam com greves e a intervenção de vias públicas, como é o caso da estrada do BIS,
Ontem, pelas redes sociais, foi muito comemorado por assessores e políticos com e sem mandato, simpáticos à prefeita, a liminar da justiça mandando parar a greve do pessoal da educação.
Será que essas pessoas acham mesmo que essa foi uma grande vitória? Foi, sim, uma vitória de Pirro, aquela em que o vencedor nada ganha. Perdem os trabalhadores da educação porque não estão conseguindo seu merecido reajuste e perde a gestão atual, porque piora o processo de desgaste da imagem de Eliene, que já vem acontecendo faz tempo.
A incompetência está falando mais alto.

Vale já extinguiu 2.100 postos de trabalho em Minas

O Tempo - Vários setores cortam vagas; indústria automobilística eliminou quase 1.500 no país só em março

Com o desaquecimento da economia, a indústria vem cortando postos de trabalho no país e em Minas Gerais. Itabira, na região Central do Estado, já sente o impacto da redução dos negócios da Vale, conforme o diretor de imprensa e comunicação do Sindicato Metabase de Itabira e região, Marcos dos Santos Oliveira. “O comércio está mais vazio”, diz.

De acordo com ele, são mais de 2.000 empregos dos terceirizados da mineradora que foram cortados. “Neste ano, que ainda está no começo, mais de 100 pessoas que trabalhavam diretamente na empresa perderam seus empregos”, diz.

Para Oliveira, a redução do emprego é fruto do baixo preço do minério de ferro. A cotação da commodity no mercado spot (à vista) na China – principal comprador do insumo – está em US$ 47 a tonelada. E considerando as despesas de frete, o preço do produto está bem próximo do custo de produção de grandes mineradoras.

Recentemente, analistas do Bank of America Merrill Lynch, afirmaram que o que pode estar no “menu” da Vale a esta altura – considerando o cenário difícil para os preços das commodities – é a venda de ativos e o corte de investimento de manutenção em 2015-2016 até o limite. Eles estimam potencial de US$ 1 bilhão a US$ 2 bilhões por ano, com implicações negativas sobre custos e qualidade de produto, além do não pagamento da segunda parcela de dividendos em 2015 – de US$ 1 bilhão em outubro.

Com um cenário nada animador para o minério de ferro, o diretor do sindicato teme que haja mais cortes nos empregos. Ontem, foi feita uma manifestação contra as demissões em frente à Câmara Municipal de Itabira. “Temos uma campanha que está envolvendo toda a sociedade, que se chama Reage Vale, Reage Itabira”, diz ele.

E não é apenas a mineradora que vem cortando postos de trabalho. Com a transferência da fábrica da Coca-Cola Femsa Brasil de Belo Horizonte para Itabirito, na região Central do Estado, que começou esta semana, 350 trabalhadores foram dispensados.

Setor automotivo. De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea),a indústria automobilística brasileira eliminou 1.466 vagas em março. Após os recentes cortes e programas de demissão voluntária, o setor encerrou o terceiro mês do ano com 140.851 empregados – queda de 1% na comparação com fevereiro, e recuo de 9,4% ante o mesmo mês dE 2014. Com o resultado, o setor já demitiu 3.600 empregados em 2015. Apenas o segmento de autoveículos registrou retração de 0,8% no número de empregados em março na comparação mensal, ao totalizar 123.017 funcionários. Em relação a março de 2014, a queda foi de 8,4%.

terça-feira, abril 14, 2015

quinta-feira, abril 09, 2015

Leitor que saber se a Celpa vai devolver o nosso dinheiro

A respeito da notícia que o blog publicou há poucos dias, concernente à bitributação denunciada na conta de energia, leitor fez comentário sucinto e objetivo.
-----------------------------------

E agora como vai ficar? Vão devolver nosso Dinheiro? Sempre consumidor é 

Lesado!!

Rafael Costa

-----------------------------------

Comentário do blog: Infelizmente não, Rafael. Sobra sempre pra gente.

Liminar do TSE garante retorno da prefeita de Belterra ao cargo

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) concedeu uma liminar cautelar, por volta das 15h de hoje (9), permitindo que Dilma Serrão (PT – foto) retorne ao cargo de prefeita de Belterra.
Dilma SerrãoA decisão do ministro Admar Gonzaga.
Dilma estava afastado do cargo desde terça-feira (7),após decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará rejeitando os embargos de declaração ajuizado pela defesa da petista.
O TRE cassou o mandato de Dilma e do vice-prefeito por suposto crime eleitoral cometido na eleição de 2012.
O segundo colocado do pleito, Doutor Macêdo (DEM), assumiu o cargo.
Conforme o advogado Dilton Tapajós, a prefeita vai aguardar a notificação da decisão à Justiça Eleitoral em Santarém para reassumir o cargo, o que pode ocorrer amanhã (10) ou na segunda-feira (13).

Fonte: blog do Jeso

Comunicados que tem até 13 de abril para sair de seu local de trabalho, feirantes apelam para vereadores

Mais uma ação antipática do Governo da prefeita Eliene Nunes foi registrada na tarde de ontem, dia 8 de Março. A Coordenadora dos Tributos, Sandra Aparecida mandou entregar aos feirantes da orla da  cidade notificação dando o prazo de cinco dias para se retirarem daquele local.

Os feirantes ameaçados procuraram na manhã de hoje, dia 9, os vereadores para pedir apoio. Os feirantes lotaram o plenário da Câmara e foram recebidos pelos vereadores Peninha, Isaac Dias, Iamax Prado, Wescley Aguiar, Orismar Pereira, Nicodemos Aguiar e Toninho Piloto.

Na ocasião todos os vereadores se manifestaram em favor dos feirantes. O vereador Peninha classificou como uma falta de respeito a maneira como a prefeitura vem tratando os feirantes. Para o vereador primeiramente o município deveria reunir com os feirantes e discutir a retirada e não apenas tratar esta gente que está trabalhando como animais, disse Peninha. Entregaram a notificação e a única coisa que disseram era que iam arrumar o caminhão para carregar os produtos, destacou o edil.

Peninha sugeriu para que o município suspender as notificações e a administração passe a dialogar com os feirantes, mostrar o projeto e dá uma solução para o destino deste homens e mulheres que vivem daquela venda. Somente depois desta medida é que pode se pensar em retirar estas famílias da orla.

O vereador disse que desconhece o projeto e quer ter acesso a ele para saber o que será feito e se tem dinheiro para executá-lo. Segundo a notificação entregue aos feirantes, será colocado bloquete na calçada da orla assim como recuperada a Avenida São José, no trecho entre a Travessa João Pessoa até a Rua Vila Nova.

Blog do Peninha

Falso pastor pega R$ 5 mil de 20 fiéis em troca que casas que não tinha

Gean Duque Ferreira, que se passava por pastor em Manaus, conseguiu enganar cerca de 20 fiéis que caíram na lábia dele.

Com conversa pra derrubar avião, Gean convenceu as pessoas a entregarem em suas mãos a importância de R$ 5 mil, com a promessa de que cada uma delas receberia uma casa no PROSAMIN, um programa habitacional do governo do Amazonas.

Depois de juntar mais ou menos R$ 100 mil, o falso pastor sumiu de circulação.

Só foi aparecer em Santarém, segundo a imprensa de Manaus, localizado pela polícia daquela cidade, que o prendeu. de 20 

STF derruba pagamento de pensão vitalícia para ex-governadores do Pará

Benefício criado pela Constituição do estado foi suspenso por ministros. Outras dez ações tramitam para derrubar pagamento em outros estados.


Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira (9) suspender o pagamento de uma pensão vitalícia concedida a ex-governadores do Pará. Para a maioria dos ministros, o benefício é inconstitucional e deve, por isso, ser interrompido.

A pensão foi instituída na própria Constituição do Pará e o valor correspondia ao salário de um desembargador do Tribunal de Justiça do estado. A ação para derrubar o pagamento foi proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e teve o julgamento iniciado em 2011.

A entidade alegava que, além de não estar previsto na Constituição Federal, a medida contrariava os princípios da impessoalidade e da moralidade na administração pública.

Na ocasião, a relatora do processo, ministra Cármen Lúcia, votou pela suspensão, argumentando que quem não trabalha mais não teria por que ser remunerado.

Na retomada do julgamento, nesta quinta (9), somente o ministro Dias Toffoli votou pela continuidade do pagamento, desde que houvesse comprovação da necessidade e que o valor fosse menor que o salário do governador em exercício.

Os demais ministros que participaram - Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski - acompanharam Cármen Lúcia para decidir pela suspensão do pagamento. Parte deles considerou que, em tese, a Constituição não proíbe esse tipo de benefício, mas que no caso do Pará o pagamento não se justificava.
"O fundamento de ter sido governador do estado não me parece suficiente para tratamento privilegiado de uma pensão especial", disse Barroso, acrescentando que poderia haver outros motivos para a pensão.

"Eu concordo com a tese do ministro Dias Toffoli, secundada pelo ministro Barroso, de que não se pode acoimar de inconstitucional de toda e qualquer norma que assegure uma pensão, desde que tenha motivo razoável, justificação suficiente. Penso que até se poderia cogitar independente da necessidade econômica, podia ter outra causa a justificar", completou depois Zavascki.

A decisão desta quinta vale somente para o Pará e poderá servir de referência para outros casos. Ao todo, tramitam no STF onze ações que visam derrubar pensões concedidas a ex-governadores. Além do Pará, atingem os estados do Acre, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia, Rio de Janeiro, Paraíba, Rio Gande do Sul, Piauí, Sergipe e Paraná.

Camelôs foram remanejados

Estou me referindo aos de Manaus, pois o camelódromo de Itaituba não saiu do papel. Até agora, a única providência tomada pela prefeitura na atual gestão foi derrubar a escola Aloce Carneiro.

Em seu primeiro governo na metade dos anos 80, Artur Virgílio os retirou de qualquer jeito, ação que lhe rendeu muitas críticas de todos os lados. Agora, bem mais experiente,  ele agiu diferente.

A zona comercial de Manaus está diferente, está mais bonita depois que a prefeitura remanejou os camelôs do centro da cidade.

Em vez de simplesmente determinar que saissem e arrumassem um lugar para trabalhar, a atual administração, primeiramente construiu camelódromos em pontos diferentes para depois transferir os camelôs,  o que já foi feito.

No final,  todos saíram ganhando. A população porque as calçadas ficaram livres, os comerciantes do centro porque eles sempre reclamaram que aquele tipo de comércio atrapalhava o deles e os camelôs porque agora tem um lugar fixo para trabalhar.

PPA será discutido em Itaituba no final do mês

O Plano Plurianual (PPA) 2016- 2019 terá uma das etapas de discussão na cidade de Itaituba.

O geólogo José Waterloo Leal colaborador do blog, enviou recorte do Diário Oficial do Estado confirmando a informação.


Brasileiros dizem-se frustrados quanto ao combate à corrupção

Frustração
74% dos brasileiros não enxergam nenhum ou só veem algum avanço no combate à corrupção. Para 17%, houve avanços, mas insuficientes. E apenas 5% acham que a corrupção está sendo enfrentada corretamente (outros 4% se omitiram). Os dados da descrença geral na moralização do país são do Opinion Box, plataforma de pesquisa digital da Expertise. Foram ouvidos em março 2.083 internautas, de todas as classes, idades e Estados.

Igual ou pior
Outros dados reforçam a ideia de que a corrupção é o que mais deprime os brasileiros e corrói a reputação do governo Dilma. Na pesquisa Expertise, 53% avaliaram que os escândalos são mais graves hoje do que antes, enquanto 43% acham que a corrupção sempre foi igual. Ou seja, a sensação é de que a corrupção piorou ou ficou na mesma.

Oportunidade
Os dados do Opinium Box também mostram uma saída para Dilma. Ora, se a corrupção machuca tanto o país, a presidente pode tirar seu governo da lama, a qualquer hora que desejar: bastaria mudar de atitude, descer do muro em que se encontra e tomar a frente no combate à roubalheira.

Raquel Faria - Jornal O Tempo

Garimpeiros e mineradora canadense travam disputa por ouro de Belo Monte

A hidrelétrica de Belo Monte ganhou um forte aliado para alimentar as polêmicas que envolvem a exploração dos recursos naturais da Amazônia. Desta vez, porém, o interesse não está nas águas do Xingu. Agora, o alvo é o ouro. Nos pés da barragem de Belo Monte, a apenas 14 km do paredão erguido pela barragem da hidrelétrica, uma guerra foi deflagrada entre garimpeiros que vivem na região e a empresa canadense Belo Sun. A companhia, que não tem nenhum vínculo com a usina, quer transformar o local no maior projeto de exploração de ouro do Brasil. Mas as ambições minerais viraram caso de polícia.

A Belo Sun denunciou os garimpeiros de terem mexido em terras da região sem a devida autorização ambiental, justamente na área onde a empresa pretende instalar sua planta industrial para extrair ouro nas margens do rio Xingu, no município de Senador José Porfírio (PA).

A Polícia Civil abriu inquérito e partiu para cima dos garimpeiros. Há três semanas, a Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), vinculada à Polícia Civil, convocou 16 garimpeiros para prestarem esclarecimentos na delegacia. Se condenados por crime ambiental, podem ser obrigados a prestar serviços sociais ou a pagar cestas básicas.

A população local ficou indignada. Os garimpeiros, que trabalham no local há mais de 60 anos, acusam a Belo Sun de querer expulsá-los sem direito a indenizações. Cerca de 2 mil pessoas da região vivem do garimpo. "As pessoas só querem ter seus direitos reconhecidos. A empresa não ofereceu nada para o povo. Estamos falando de gente que nasceu e se criou no lugar, e que não sabe fazer outra coisa", disse Valdenir do Nascimento, presidente da Cooperativa dos Garimpeiros da região.

O ouro de Belo Monte está encravado no subsolo de uma região conhecida como Volta Grande do Xingu. A licença ambiental que os garimpeiros tinham para atuar na região venceu em dezembro do ano passado. Eles alegam que pediram renovação do documento para a Secretaria do Meio Ambiente do Pará, mas que esta deu uma autorização de lavra para uma área completamente fora do local onde eles atuavam, um pedaço de terra que não tem ouro. "Quando reclamamos que a demarcação estava errada, disseram que a gente não queria autorização nenhuma e cancelaram a licença. Ficamos sem ter onde trabalhar", afirmou Nascimento.

O delegado Waldir Freire Cardoso, chefe de operação da Dema, disse que a polícia constatou a lavra de ouro sem autorização. "A denúncia envolvia pessoas e pequenas empresas que atuavam numa área que a Belo Sun diz que é dela. Para nós, não interessa se a denúncia vem da Belo Sun ou de quem quer que seja. A autuação foi motivada por conta de constatação do dano ambiental", disse.

Licenças

Há três anos a Belo Sun busca o licenciamento para o seu garimpo industrial, processo que é tocado pelo governo do Pará. A empresa já tem a licença prévia do projeto e se prepara para pedir a licença de instalação, documento que libera efetivamente a extração do ouro.

O Ministério Público Federal questionou o Ibama sobre a necessidade de o órgão federal assumir a responsabilidade pelo licenciamento, dada a sua proximidade com a hidrelétrica e a potencialização dos impactos socioambientais por conta da mineração, mas o tema não saiu dos escaninhos da secretaria estadual.

A Norte Energia, dona da hidrelétrica, evita falar publicamente sobre os planos da Belo Sun, mas sabe-se que sua diretoria torce o nariz sobre a possibilidade de ter bombas explodindo no subsolo do Xingu, bem ao lado de sua barragem.

A Belo Sun foi insistentemente procurada para comentar o assunto, mas não retornou ao pedido de entrevista. A empresa, que pertence ao grupo canadense Forbes & Manhattan, um banco de capital fechado que investe em projetos de mineração, tem planos de aplicar US$ 1,076 bilhão no projeto "Volta Grande", de onde sairiam 4,6 mil quilos de ouro por ano, durante duas décadas.

"A Belo Sun não tem mais direito de estar naquela área do que os garimpeiros artesanais, que estão ali há seis décadas. Apesar disso, a empresa age como se fosse proprietária da região, constrangendo os moradores do local e pressionando sua saída", disse Leonardo Amorim, advogado do Instituto Socioambiental (ISA). "Trata-se de uma mineradora com um mero pedido de lavra e uma licença ambiental sub judice, numa terra pública." 


Fonte: Hoje em Dia, com a colaboração do geólogo José Waterloo Leal

quarta-feira, abril 08, 2015

Prefeito de Manaus toma medida corajosa para melhorar o transporte coletivo

Toda mudança costuma provocar reações e em Manaus não está sendo diferente depois que o prefeito Artur Virgílio Neto tomou uma medida ousada para tentar melhorar a qualidade do serviço de transporte coletivo da capital amazonense.

Há poucos meses ele determinou a criação de uma linha azul pela qual só podem trafegar ônibus e táxis.

Os proprietários de carros particulares não gostaram da mudança e ainda tem muita gente reclamando porque diminuiu uma faixa, espremendo os carros de passeio.

Mais do que dobrou a velocidade média dos ônibus, enquanto para os trabalhadores o tempo para chegar ao emprego caiu pela metade, ou mais.

A mudança ainda está em fase de adaptação, mas já ficou mais.do que evidente que está dando certo.

Artur disse que isso é só o começo do que ele quer fazer por Manaus  nesse setor.

Homenagem da API a Eliene continua rendendo e hoje foi destacada por Isaac

O vereador Isaac Dias criticou hoje a homenagem feita pela API à prefeita Eliene Numes, como destacou o vereador Peninha em seu blog.

A seguir, printes da matéria do blog do Peninha.

Em Manaus

Estou em Manaus para fazer exames, razão pela qual não tenho atualizado o blog. Retornarei na próxima quarta, 15.

Como estou com dificuldade para ter acesso ao sinal da internet,  tentarei colocar algumas notas na medida do possível.

Agradeço aos anunciantes e aos leitores do blog pela compreensão.

Jota Parente

segunda-feira, abril 06, 2015

Onde vai parar a crise do Clube do Remo? Até a luz foi cortada!

Parece que os problemas no Clube de do Remo estão criando uma bola de neve irreversível. No início da tarde desta segunda-feira (06), a sede social do clube teve o fornecimento de energia elétrica interrompido devido ao não pagamento de uma dívida superior a R$ 10 mil.

Só neste primeiro semestre, a diretoria remista vem acumulando dívidas e encontra dificuldade para honrar os seus compromissos. O elenco azulino está há dois meses sem receber seus salários, mas foi-lhes prometido que o pagamento referente ao mês de fevereiro seria feito terça-feira (7).

A data marca a véspera da partida contra o Princesa de Solimões-AM, pela Copa Verde. O meia Mateus Carioca e o atacante Flávio Caça-Rato foram despejados de seus apartamentos, após o Remo não ter realizado o pagamento do custo moradia.

Em nota oficial, a Celpa informou que o corte da energia foi devido a ‘uma ação regular, conforme determinada a legislação da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL’ e o débito com a concessionária já foi quitado. A fornecedora de energia disse que já trabalha para religar o cliente à rede ainda hoje. (ORMNews)


Vendas da Páscoa têm pior resultado desde 2007

Nem a tentativa do comércio de alavancar as vendas da Páscoa com promoções de última hora, ajudou a salvar o desempenho das vendas deste ano, que registraram o pior resultado desde 2007, quando foi iniciada a série histórica do Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio.

Foto: Igor Mota (O Liberal)
O Globo - No final de semana da Páscoa, entre os dias 03 e 05 de abril, as vendas aumentaram 3,2% no país na comparação com o mesmo período de 2014. Já na semana passada, de 30 de março a 05 de abril, o crescimento foi nulo, ficando nos mesmos níveis de vendas ante ao mesmo período do ano anterior.


Com menos dinheiro no bolso por conta da alta da inflação, os consumidores deixaram para comprar seus presentes de páscoa nos últimos dias, aguardando as promoções do varejo, de acordo com os economistas do indicador.

INSS altera idade para o atendimento prioritário à pessoa idosa, em Itaituba, ao arrepio do Estatuto do Idoso

A placa não deixa dúvida. Está escrito para quem quiser ver e afixado em local visível na agência do INSS, em Itaituba, a idade para atendimento à pessoas idosas.

Alterando à revelia o que determina o Estatuto do Idoso, na agência local a idade estabelecida para atendimento aos idosos é 65 anos, em vez dos 60 anos determinados pela lei.

No atendimento, a pessoa responsável está orientada a seguir o quis está determinado na placa colocada pela direção local do órgão.


Melhor consertar antes que o Ministério Público tenha que mandar fazer isso.

Isso, fora o erro de Português!

Brastra.gif (4376 bytes)
Presidência da República
Casa CivilSubchefia para Assuntos Jurídicos

Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
TÍTULO I

Disposições Preliminares

        Art. 1o É instituído o Estatuto do Idoso, destinado a regular os direitos assegurados às pessoas com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos.

        Art. 2o O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se-lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade.

        Art. 3o É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

        Parágrafo único. A garantia de prioridade compreende:

        I – atendimento preferencial imediato e individualizado junto aos órgãos públicos e privados prestadores de serviços à população;

  Art. 5o A inobservância das normas de prevenção importará em responsabilidade à pessoa física ou jurídica nos termos da lei.

        Art. 6o Todo cidadão tem o dever de comunicar à autoridade competente qualquer forma de violação a esta Lei que tenha testemunhado ou de que tenha conhecimento.

        Art. 7o Os Conselhos Nacional, Estaduais, do Distrito Federal e Municipais do Idoso, previstos na Lei no 8.842, de 4 de janeiro de 1994, zelarão pelo cumprimento dos direitos do idoso, definidos nesta Lei.